Páginas

quarta-feira, 10 de julho de 2013

História de Santa Luzia de Touros


Mais Ou Menos No Ano de 1870 Uma Mulher De Apelido Tabaiana Vindo Da Região de Pureza Chegou Aqui E Tomou Conta De Um Terreno Grande Que Não Tinha Dono Esse Terreno Tinha 6 km De Extensão Com Um Tempo em 1877 Chega Aqui Na Comunidade Uma Família Que Comprou Uma Parte Desse Terreno Que Construiu Um Engenho Aqui é Também Chega Manoel Celestino Pimentel e Sua Esposa Maria Figueiredo Pimentel Que Se Apossou de Um Outro Pedaço De Terra Que Não Tinha Nenhum Dono Tempos Depois No Engenho que Foi Construído Aconteceu Um Acidente Dois Homens Estavam Brincando Próximos A Um Taxo de Mel é Um Dos Homens Caiu Nesse Taxo Que Acabou Puxando O Outro Na Tentativa De Se Salvar Mais No Entanto Morreram Os Dois Afogados Na Garapa do Mel Que Estava Borbulhando de Quente Desgostoso Com o Fato Ocorrido Em Sua Propriedade O Dono do Engenho Desativou o Engenho e o Vendeu Para Seu Manoel Celestino Pimentel e Foi Morar Em São Tomé Seu Manoel Comprou os Maquinários e as Casas do Engenho No Valor de 150 Mil Contos de Réis Que Pagou Tempos Depois Seu Manoel Pegou Os Maquinários e os Matérias das casas e Construiu Um Novo Engenho Em Suas Terra Que O Batizou de Engenho São Francisco Que Funcionou até o Ano de 1959 Os Trabalhadores desse Engenho Vinham Fugidos Da Seca Do Sertão Para Trabalhar No Verão e No Inverno Eles Retornavam Para o Sertão Assim o Engenho Só Funcionava no Verão. 
    
           Essa é a Casa mais Antiga de Santa Luzia Construída em 1892 Foi Abitada Por Manoel Celestino Pimentel 

   Em 1898 chega também aqui vindo de Rio do Fogo, João Teodoro de Souza conhecido na época como “João Monteiro” com sua esposa Maria Isabel Monteiro, seu João herdou de seu sogro João dos Marcos terras que ele tinha  comprado da senhora Tabaiana no valor de 400 contos de réis, nessa mesma época chega a família Belchior é a família Gomes e também um homem rico conhecido como Chandú que compraram a seu João Monteiro um pedaço de terra, sendo com alguns anos depois em 1902 seu João Monteiro constrói em suas terras herdadas um outro engenho que funcionou até o ano de 1962. João Monteiro era muito religioso, devoto de Santa Luzia na data de 13 de dezembro de 1915, seu João traz da cidade de Touros, que na época se chamava “Vila do Bom Jesus dos Navegantes” um padre de sobrenome Leão que realizou a primeira missa na comunidade em uma cabana de palha onde a missa foi dedicada a Santa Luzia. A data de 13/12/1915 e considerada a data de fundação da comunidade e em 1917 seu João Monteiro reuniu a população local cerca de uns 30 habitantes e construiu no lugar da cabana de palha a 1ª capela na comunidade que até hoje existe ao lado do mercado público. Santa Luzia nessa época se chamava Saco, nome dado por que na comunidade morava um senhor que uma vez por semana ia a pé para a cidade de Touros com um saco nas costas fazer suas compras para seu consumo próprio pois na comunidade não existia na época nenhum tipo de comercio e quando chegava em Touros a população o chamava de o homem do saco ai colocaram esse nome na comunidade. Em 1940 iniciou-se a história da educação na comunidade, através de aulas particulares a senhora Maria de Lurdes Monteiro dava aulas em sua residência para os filhos dos moradores da comunidade, hoje a casa e habitada por dona Lalinha e em 13 de maio de 1962 no governo Aluízio Alves foi inaugurada a primeira escola  na comunidade, a Escola Estadual Prof.ª Rosa Cunha, que ainda hoje funciona. No ano de 1957 foi construído e inaugurado o mercado público na comunidade pelo então prefeito de Touros Antônio Severiano da Câmara, ação requerida pelo primeiro vereador da comunidade o vereador João Teodoro de Souza Filho, que era filho de seu João Monteiro. Em 1965 o Padre Lucena veio de Touros, celebrar uma missa  na comunidade e propôs aos moradores locais a mudança do nome saco para o nome Santa Luzia, onde os moradores da comunidade concordaram e a partir de então a comunidade se passou a se chamar Santa Luzia. No ano de 1982 chega na comunidade os serviços de água encanada, energia elétrica e construção das estradas inclusive a rodovia RN 064 em que passa pelo centro da comunidade.


DISTRITO DO MUNICÍPIO DE TOUROS ACESSO – RN 064. DISTÂNCIA DE NATAL – 65 km.

Hoje Existem 6 Bairros Em Santa Luzia São Eles:
Varzinha
Sitio São Francisco
Emprensadinho
Centro da Comunidade
Conjunto Santa Ana
Boa Vista 

Tem Uma População de 5 Mil Habitantes Segundo o Censo 2010 é Considerado O Maior Distrito Do Município De Touros. E o Maior Em Extensão Territorial da América-Latina.

Fonte: Cicero Pimentel “Neto de Manoel Celestino Pimentel”
Dona Lalinha “Parente da Família Monteiro”

Pesquisador: Eliabe França

Um comentário:

  1. Que felicidade encontrar a História distrito de Santa Luzia. Pe. Josenildo Cardoso. paroquiasaofranciscoodb@gmail.com

    ResponderExcluir